quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Runaway








Que o meu "refrigerador" querido e amado
 Nunca se esqueça que vínculo antigo e forte 
A gente nunca joga fora
Nem tampouco deixa na sucata
rs







Formidável Ano!!!






Te olhei em zigue-zague
Te olhei em diagonal
Te olhei no claro e no escuro
E de um modo especial


Te olhava de dia e de noite
Atenta em te desvendar
Prescrutei teu coração
Mas falhei em encontrar







Nutro-lhe um carinho imenso.
Uma eterna gratidão pelos dias felizes,
E por tudo que me ensinastes,
Resgatando-me, muitas vezes, do meu costumeiro "estado de bobeira"...  rs
Mesmo assim, há coisas que eu não pude entender.
Mas eu olhei. 
No entanto, deve haver questões que vão além da esperteza da qual disponho.
Talvez eu tenha que nascer de novo para percebê-las. rs
Porém, daquilo que eu pude entender e vivenciar, eu louvo e agradeço
Sinto um orgulho incrível por tudo que produzes
Pelas "belezas imagéticas e musicais" que apresentas, cotidianamente, nos teus espaços particulares.
Quiçá você saiba retirar destes dons e talentos grandes empreendimentos e êxitos.
Te observarei à distância, pelas lentes do coração e sob o ângulo da familiaridade.
Marcharei a par de ti, acompanhando teus inúmeros feitos e progressos.
Desejo que sigas com coragem
Que solte-te à vida
Que lance-te à sorte
E que te inclines em direção à tua expansão pessoal
E profissional.......
Feliz ano nascente!!!


segunda-feira, 19 de outubro de 2015

O Mar Fala de Ti




O mar.... 
A paixão....
Movimento sem fim
Não há previsibilidade.
Só intensidade.







sábado, 1 de agosto de 2015

Como pode acabar?



"Enfim,
Se entregaram para qualquer um
Na madrugada de um dia assim
E entorpeceram-se nos cabarés
E adormeceram em trépidos motéis
E se tornaram alegres pastelões,
Seguindo ao pé da letra as instruções...
E dia a dia se tornando cada vez mais iguais".
........

Se não temos um caminho próprio a seguir....
Ou uma convicção de que exista um afeto verdadeiro,
Somos então empurrados junto à uma multidão de descrentes
E nos transformamos em mais um ao lado de "tantos outros perdidos".
...

Que eu jamais perca de vista os meus horizontes, 
As minhas crenças e as minhas fidelidades...
Que as coisas não acabem como acabam
os verões e as primaveras...
Que resistam às estações e ao porvir...
 Por serem coisas fortes 
Por serem vínculos honestos
Por conterem pureza e serem bem intencionados
E que a ação do tempo não danifique o que foi belo 
O que se construiu sobre verdades
Sobre amor
E sobre escolhas do coração  
...

Nada grande acaba assim... 
Sem mais 
E sem menos.
Como se não significasse nada!
No tudo que significou.

Nunca "você" se apagará de mim
Este carinho construído devagarzinho
Dia a dia...
 Encontro a encontro....
Meu olhar em teu rosto 
A procura da tua alma
E,...
Eu a achei...

....

Um movimento que não pode mais retroceder...
E que nós sabemos o que aconteceu....
E que estejamos tranquilos pelo que conquistamos
Que o "Tempo" proteja-nos dos desgastes dos anos.
E que sobreviva o que foi bonito e belo.










----




sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015



Há uma linguagem que fala mais alto
Não é a linguagem corrente dos signos e dos elementos alfabéticos.
É uma outra
De outra categoria
E agora eu tenho toda a Eternidade para falar contigo...






Mais do que som...

.


Isso tudo me é conhecido ....
Vai além de palavras.
Esbarra no meu sentir
Nunca me distraio se os meus olhos olham os teus.
Não sei desviar do que me une a ti...