sábado, 23 de março de 2013

Conjecturando...


O que é a nossa história?
Uma partida e uma volta?
É o encontro entre eu e você?
Ou é o reencontro de cada um consigo mesmo?
Eu não me esqueço de você, porque ainda preciso me encontrar?
Tu não te esqueces de mim pois precisas ser reconhecido?
Assim sendo, se tu se esquecesses de mim, esquecerias igualmente tua própria identidade?
A verdade de mim mesmo tem a ver com a recordação de você, sabia?
A identidade, muitas e muitas vezes, é a verdade não esquecida de cada um.
My God!
Sei lá se você vai entender alguma coisa...





Nenhum comentário:

Postar um comentário