quarta-feira, 6 de agosto de 2014


Que tortura viver diariamente pensando que se está a perder pessoas amadas.
Fico a pensar: Como pode certas pessoas conceberem amores tão tênues e frágeis?
Acho espantoso coisas assim.....
Eu poderia ficar dez anos sem cruzar o rosto de alguém amado, e mesmo assim saberia meu amor intacto e creria no do outro.
Eu penso o amor como algo forte, que resiste ao tempo, sem precisar de mostras diárias para provar que existe.
Fica a vontade de questionar: 
Quando, a teu ver, o amor é verdadeiro?


Nenhum comentário:

Postar um comentário